vila rica

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO DA ESCOLA SABATINA

2º Trimestre de 2024 - O GRANDE CONFLITO


lLção da escola sabatina de número 07. Sábado 11/05/24.
Motivados pela esperança.
Verso para memorizar:
"Naquele dia, se dirá, eis que Este é o nosso Deus, em quem esperávamos, e Ele nos salvará, este é o nosso Deus à Quem aguardamos; na Sua salvação exultaremos e nos alegraremos"(Is 25:9).
1- A segunda vinda de Jesus, é um dos temas centrais das Escrituras. É um fio de ouro que atravessa as páginas sagradas da Bíblia do Gênesis ao Apocalipses.
2- Um estudioso estimou haver 1.845 referências à segunda vinda de Cristo no antigo testamento. Nos 260 capítulos do novo testamento, há mais de 300 referências ao retorno de Jesus. Um em cada 25 versos mencionam essa grande esperança.
3- Depois que a reforma na Europa naufragou, e, foi dificultada por divisões e conflitos, o protestantismo criou raízes no novo mundo no território que se tornaria os Estados Unidos da América do norte,
4- Muitas pessoas buscaram tomar o manto da verdade da palavra de Deus, o que também incluía a crença na segunda vinda Jesus.
5- Jesus virá, mas, não como em Seu primeiro advento, uma criancinha nascida em Belém, não como quando viajou para Jerusalém, e os discípulos louvavam à Deus em alta voz e clamaram: Hosanas! Mas, na Glória do Pai, e com todo o séquito de poderosos anjos para escolta-Lo em Seu caminho para a Terra.
6- Todo Céu ficará vazio de anjos, enquanto os expectantes santos O estarão aguardando, e com os olhos direcionados aos Céus, como os varões Galileus quando Ele ascendeu do Monte das oliveiras.

7- "Eis que Este é o nosso Deus, em quem aguardávamos, e Ele nos Salvará"(Is 25:9). Amém!!

.......................................................

domingo, 12/05/24.
A promessa de Seu retorno.
1- Uma das promessas mais gloriosas expressa pelas Escrituras, e da segunda vinda de Jesus, para completar a grande obra da redenção.
2- Ao povo de Deus que por tanto tempo, peregrina em sua jornada
"na região da sombra da morte"(Mt 4:16), é dada uma esperança preciosa que inspira alegria na promessa do aparecimento Daquele que é "a ressurreição e a vida"( Jõ 11:25), para levar os exilados filhos ao novo lar.
3- A doutrina do segundo advento de Cristo, é sem dúvidas, a nota tônica das Sagradas Escrituras. Desde o dia em que o primeiro casal caminhou entristecido para fora do Éden, os filhos da fé tem esperado a vinda do prometido Salvador, para quebrar o poder do destruidor, e leva-los novamente ao Paraíso perdido.
4- Santos homens do passado, aguardam o advento do Messias em glória, para a consumação de sua esperança. (O Grande Conflito, 256).
5- Essa grande verdade, da segunda vinda de Cristo, tem sido o consolo dos fiéis de Deus ao longo de todos os séculos.
6- Foi o nosso Senhor mesmo que prometeu aos Seus discípulos:
"Quando Eu for, e preparar um lugar, voltarei e os receberei para Mim mesmo"( Jõ 14:3). Foi o compassivo Salvador que, antecipando-Se, confortou Seus seguidores com essa promessa maravilhosa.
7- Quando ascendeu aos Céus, estando Seus discípulos no Monte das Oliveiras, todos tristes, O bondoso Salvador incumbiu dois anjos para conforta-los, com a esperança de Seu retorno para buscá-los.
8- Devemos exclamar como João! "Amém! Ora vem Senhor Jesus"
Ele está chegando, estejamos prontos para recebe- Lo! Bom dia!

....................................................................

segunda-feira, 13/05/24.
Esperando o tempo.
1- Quando Cristo veio pela primeira vez, como um bebê na manjedoura de Belém, poucos discerniram Sua vinda. Mas, quando Ele vier, pela segunda vez, "todo olho O verá."
2- Todo ouvido ouvirá o som de trombetas ressoando pelo ar. Todos contemplarão Sua incrível glória, não serão enganados.
3- As Escrituras deixam bem claro os eventos que cercam o Seu retorno. O povo de Deus que por tanto tempo, peregrina em sua jornada nesse mundo, de sofrimento e morte, é dada a esperança preciosa do retorno do Salvador. Para leva-los de volta ao lar da eterna felicidade.
4- Logo, muito logo, aparecerá no oriente uma pequena nuvem escura aproximadamente do tamanho da metade da mão de um homem. É a nuvem que envolve, o Salvador e que, à distância, parece estar cercada de escuridão. O povo de Deus sabe que esse é o sinal do Filho do homem.
5- Em solene silêncio, contempla a pequena nuvem, enquanto se aproxima da Terra, cada vez mais brilhante e gloriosa, até se transformar numa grande nuvem branca, mostrando na base, uma glória semelhante ao fogo consumidor e, em cima dela, o arco-ires do concerto.
6- Jesus na nuvem, avança como poderoso vencedor. Agora Ele vem não como homem de dores, (Is 53:3), não para beber o cálice da humilhação, e miséria, más, como vitorioso no Céu e na Terra para julgar vivos e mortos!!

.........................................................

terça-feira, 14/05/24.
Guilherme Miller e a Bíblia.
1- Assim como os reformadores, com a ajuda divina, redescobriram a verdade sobre justificação pela fé em Cristo, Guilherme Miller, foi o instrumento de Deus ao redescobrir a verdade sobre como será a volta de Cristo.
2- Ao estudar as Escrituras, Miller descobriu um Cristo, que o amava, mais do que ele podia imaginar. Com a Bíblia, uma caneta e um caderno, começou a ler Gênesis, e continuou na compreensão de toda passagem.
3- Ao comparar verso com verso, ele permitiu que Bíblia se explicasse. E foi assim, que lhe foi concedido o início da corrente da verdade, e ele foi levado a examinar elo após elo, até que vislumbrasse a palavra de Deus com espanto e admiração.
4- Viu nela a perfeita corrente da verdade. Essa palavra, que havia considerado não importante, agora abria diante de seus olhos, em sua gloriosa beleza. Viu que um trecho das Escrituras explicava o outro. Quando uma passagem era difícil de entender, encontrava em outra parte da palavra, algo que à esclarecia.
5- Considerou a sagrada palavra de Deus com alegria e o mais profundo respeito e reverência
(História da Redenção, 248,249). Os 10 mandamentos foram pronunciados pelo próprio Deus, e por Sua própria mão foram escritos. São de redação divina e não humana.
6- No entanto, as Escrituras Sagradas, com verdades dadas por Deus, e expressa na linguagem da humanidade, apresentam uma união do divino com o humano.
7- União semelhante existia na natureza de Cristo, que era Filho de Deus, e filho do homem.!

......................................................................

quarta-feira, 15/05/24.
Os 2.300 anos de Daniel 8:14.
1- "Até 2.300 tardes e manhãs, e o Santuário será purificado"( Dn 8:14). Seguindo sua regra de deixar que a Bíblia fosse sua própria intérprete, Miller descobriu que um dia na profecia simbólica, equivale à um ano (Nm 14:34- Ez 4:6).
2- Viu que o período de 2.300 anos proféticos, ou anos literais, se estenderiam muito além do fim da dispensação judaica e que, por esse motivo, ele não poderia se referir ao santuário daquela dispensação.
3- Miller aceitou a opinião, geralmente adotada, de que, na era cristã, a Terra é o santuário e, consequentemente, compreendeu, a purificação do santuário, predita em Daniel 8:14, representava a purificação da Terra, pelo fogo por ocasião da segunda vinda de Cristo.
4- Então concluiu, que, se fosse possível encontrar o exato ponto de partida para os 2.300 dias/ anos, poderia facilmente determinar a época do segundo advento.
5- Assim se revelaria, o tempo daquela grande consumação, " tempo em que, as condições presentes, com todo o seu orgulho e poder, pompa, vaidade, impiedade, e opressão, viriam ao fim", "em que a maldição seria removida da Terra, a morte seria destruída seria dado o galardão aos servos de Deus, os profetas e os santos, e aos que temem o Seu nome, e seriam destruídos os que destroem a Terra"( O Grande Conflito,277).
6- Em sua investigação, das profecias, de Daniel, e seguindo o método historicista, Miller descobriu o ponto de partida para o início da profecia, de Daniel 8:14.
7- O ano 457, A/C, foi a data que marcou o ponto de partida para Miller, seguir com suas pesquisas, sobre Daniel 8:14. Onde os pormenores serão tratados na lição de quinta feira!! Ok?

.......................................................

quinta-feira, 16/05/24.
A linha de tempo profética mais longa (Dn 8:14).
1- O decreto de Artaxerxes de 457a/C, foi o último dos três decretos que permitiram que os judeus, retornassem a Palestina para reconstruir Jerusalém e restaurar os serviços do templo.
2- Esse terceiro decreto, foi o mais completo e, marca o início dos 2.300 dias/anos de Daniel 8:14. Nessa data, 457a/C, duas profecias tem seu início e seguem juntas. A profecia das 70 semanas, ou 490 anos, (Dn 9:24), e a profecia dos 2.300 anos de Dn,8:14).
3- O anjo Gabriel, dividiu a profecia das 70 semanas em períodos: 7 semanas, mais, 62 semanas, que é igual, a 69 semanas que por sua vez, é igual a 483 dias ou anos literais.
4- Se partirmos do ano 457a/C, data do decreto de Artarxerxes, e viajarmos no tempo, 483, anos, chegaremos ao ano 27d/C. De acordo com o anjo Gabriel, esse seria o ano do aparecimento do Messias, "O Ungido" "O Príncipe"( Dn 9:25). O que aconteceu no ano 27d/C ao final das 69 semanas?
5- O imperador romano, Tibério Cláudio Nero César, foi o segundo imperador pertencente a dinastia Julio- Claudiana.
Este foi o décimo quinto ano de Tibério César. E justamente o ano 27, da era cristã. Esse foi o ano do batismo de Jesus, e o início de Seu ministério terrestre, que durou 3,5 anos meio (Lc 3:1-3 21-24).
6- A última semana que faltava para completar as 70 semanas, ou 490 anos , iniciou- se, com o batismo do Messias Jesus, no ano 27, d/C de acordo com Dn 9:27.E na metade dessa semana, o Messias seria morto. Quando cessaria, todo sistema Levítico de sacrifícios, e ofertas sacrificais no ano 31d/C.
7- Em 34 d/C, com o apedrejamento do Diácono Estevão, em praça pública, pelos judeus, nesse ponto os 490 anos, da profecia das
70 semanas entregue como tempo de graça para os judeus, chegou ao fim. A partir de então, as boas novas da Salvação deveria ser levada ao mundo gentílico.
8- Porém, a profecia dos 2.300 anos segue o seu curso. Se subtraírmos, 490 anos dos 2.300, nos restaria 1810 anos, que nos levariam até o ano de 1844 d/C. Quando daria o início ao Juízo investigativo ou pré- advento, e a purificação do Santuário Celestial.
9- Como a minha proposta é apresentar um resumo da lição diária para vocês, os detalhes eu deixo para vocês pesquisarem nas vossas lições ok ?

 

Pastor Helio Porto