vila rica

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO DA ESCOLA SABATINA

1º Trimestre de 2024 - O LIVRO DOS SALMOS


LIÇÃO 11
ANSEIO POR DEUS EM SIÃO.
INTRODUÇÃO- Existem situações bíblicas que não temos explicações plausíveis. Arão, irmão de Moisés, a despeito de sua fraqueza e anuência em fazer o bezerro de ouro na ausência de Moisés que subira ao Monte Sinai com as tábuas de pedras onde seriam gravados pelo dedo de Deus os dez mandamentos, foi indicado por Deus para exercer o cargo de sumo-sacerdote o mais alto cargo religioso da nação emergente. Corá, filho de coate da tribo de Levi ( Numeros16) que se revelara abertamente opondo-se ao sacerdócio de Arão,cabendo a ele uma função inferior no santuário, sob sua ótica, persistindo na rebeldia a despeito do apelo de Moisés, tendo seus companheiros tragados pela terra que abriu a sua boca engolindo-os, seus descendentes foram eleitos para músicos do Templo (Primeiro Crônicas 6:31 a 38) e guardas de suas portas (Primeiro Crônicas 9:19)... Coisas que somente a graça Divina pode explicar.
A palavra chave da lição desta semana indubitavelmente é SIÃO. Analisemos portanto com mais profundidade a origem e significado desta palavra e seu uso na Bíblia. Ela é excitada há mais de 150 vezes na Sagradas Escrituras.
Originalmente chamada em hebraico de TZION, Sião significa CUME. O nome designava uma fortaleza que era encontrada na região a sudeste de Jerusalém de propriedade dos jebuseus. Passou a significar FORTALEZA. Ela é mencionada pela primeira vez em Segundo Samuel 5:7 "Davi porém tomou a Fortaleza de Sião que é a cidade de Davi".
Cerca de 600 m ao norte estava o Monte Moriá conhecido pelo ato de fé de Abraão Quando ia sacrificar Isaque, seu filho. Gênesis 22:1 a 12. Ali foi construído o Templo de Salomão, com isso o nome Sião passou a incluir o monte do Templo também. Sião na realidade é uma mistura de geografia, política e teologia.
Sião tem o seu significado ampliado para "Jerusalém", "terra de Judá" e o "povo de Israel" como um todo. Veja Isaías 40:9, Jeremias 31:12 e Zacarias 9:13.
O uso mais importante da palavra Sião no Antigo Testamento é em seu sentido teológico "Também a ti virão inclinando-se os filhos dos que te oprimiram, prostrar-se-ão aos teus pés todos os que te desprezaram e chamar-te-ão a Cidade do Senhor, a cidade do Santo de Israel" Isaías 60:14.
Finalisando a análise sobre Sião, citamos dois textos do Novo Testamento: "eis que põe em Sião uma pedra angular eleita e preciosa e quem nela crer não será de modo algum envergonhado"Primeiro Pedro 2:6..."Mas tendes chegado ao Monte Sião e à Cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial e aos muitos milhares de anjos" Hebreus 12:22.
Você poderá extrair dessa introdução muita coisa para usar durante a lição.
DOMINGO-UM DIA NOS TEUS ÁTRIOS VALEM MAIS QUE MIL.
O Salmo analisado neste dia é o 84 em que o salmista expressa o seu desejo de estar continuamente na presença do Senhor no seu Santo Templo;da bênção que advém aos servidores no santuário, os peregrinos que ali vão para adorar o Criador e da bênção que se estende a toda a terra a partir do Santuário... O povo de Deus deve ser uma bênção onde quer que esteja, ou seja as bençãos derramadas sobre ele a partir do santuário São também desfrutadas por aqueles que estão sendo influenciados por ele, o povo de Deus.
O santuário tem sua influência singular na economia hebraica. Para o hebreu a cidade mais sagrada da terra é Jerusalém, em Jerusalém o TEMPLO era o lugar mais sagrado e dentro do TEMPLO, o SANTO dos SANTOS é o lugar mais sagrado, pois ali sobre o propiciatório que cobria as tábuas da LEI,dentro da arca da aliança a SHEKINAH (presença divina) iluminava o ambiente com sua luz constante.
É bom lembrar que eu desejo do salmista que é realizado no Salmo 91 conhecido como o Salmo ou ritual da incubação será plenamente vivido quando se cumprirem as palavras de Apocalipse 21:3 "...agora o tabernáculo de Deus está com os homens com os quais Ele viverá. Eles serão o Seu povo e o próprio Deus estará com eles e será o Seu Deus".
SEGUNDA-FEIRA -ORE PELA PAZ DE JERUSALÉM.
O tema desse dia é a mensagem do Salmo 122.
Teólogos afirmam que no tempo de Jesus na Festa dos Tabernáculos,havia um cerimonial em que um grupo de sacerdotes se dirigia ao Ribeiro de Cedrom em cada um dos sete dias da festa com cântaros de prata contendo vinho( suco de uvas) num, e água no outro e que eram despejadas no aqueduto que conduzia os líquidos para o Ribeiro e Cedrom simbolizando as bençãos da chuva e das colheitas providas por Deus.
Nesse ritual era entoadas com júbilo as palavras"os nossos pés estão dentro das tuas portas ó Jerusalém!" As palavras do Salmo eram associadas com outro cântico proferido por Isaías "Vós voz com alegria tirarei as águas das fontes da salvação" Isaías 12:3. Então havendo entoado nesse ritual as palavras do Salmo 122 e Isaías 12 retornavam para o Templo,com júbilo e alegria. Isso torna mais claro o fato de Jesus na Festa dos Tabernáculos, no último dia ter clamado "Se alguém tem sede venha a Mim e beba" João 7:37.
O final do estudo desse dia torna claro que orar pela paz de Jerusalém ainda é um privilégio e uma responsabilidade dos crentes pois mantém viva a esperança da vinda do Reino de Deus no fim dos tempos que abrangerá não apenas a cidade de Jerusalém mas o mundo inteiro Isaías 66:12 e 13.
TERÇA-FEIRA -SIÃO LAR DE TODAS AS NAÇÕES.
O Salmo 87 é o objeto de estudo nesse dia.
3 vezes por ano cadê breu deveria comparecer em Jerusalém para as festividades solenes que ali eram celebradas: a festa da Páscoa,unida com a dos Pães Asmos, a Festa das Colheitas e a Festa dos Tabernáculos,no final do ano.
Na subida para Jerusalém o Salmos 120 a 134 denominados cânticos dos degraus ou das subidas eram entoados pelos peregrinos.
É curioso que nessas festas solenes haviam ofertas especiais que eram consideradas primícias para Deus. Na Páscoa um Cordeiro de um ano;na Festa das Colheitas,os primeiros grãos de cevada e do trigo eram oferecidos e na Festa dos Tabernáculos ou das Cabanas, os primeiros frutos, como uvas, tâmaras e figos por exemplo.
Essas festividades faziam de Jerusalém o lar dos peregrinos muitos dos quais depois do exílio babilônico não retornaram para a terra de Judá e vinham de países estrangeiros para as comemorações,tornando Jerusalém o lar de todas as nações da terra simbolicamente e literalmente quando reino eterno de Deus for implantado no final da história do pecado.
QUARTA-FEIRA-SEGURANÇA E PAZ DE SIÃO.
O Salmo 46 é um dos Salmos também muito conhecido e aoreciado no mundo cristão. Ele foi a base inspiradora para Martinho Lutero compor o hino Castelo forte.
A respeito do caos reinante no mundo com imagem de águas revoltas representando nações em convulsão e outras causas que agitam este velho mundo, é nítida a presença e o controle de Deus sobre todas as coisas. As palavras "ainda que"devem despertar a segurança de que o Senhor dos Exércitos controla e administra todas as coisas que sob Seu poder se realizam ou deixam de ser realizadas.
Ele ergue a Sua voz, verso 6 e a Terra se derrete. Tenhamos em mente de que Deus não precisa de armas, da força do Seu braço ou qualquer outra manifestação de poder. O uso da voz Daquele que disse no princípio: HAJA, PRODUZA, FAÇAMOS, é mais do que suficiente para mudar toda e qualquer situação.
QUINTA-FEIRA-INABALÁVEL COMO MONTE SIÃO.
No final do estudo sobre Sião em suas diversas facetas como visto na introdução, evocamos a lembrança de que Sião é um lugar de bênçãos divinas e refúgio e que essas bençãos transbordam até os confins da Terra,pois o Senhor e Sua graça excedem os limites de qualquer lugar santo.
Talvez tenhamos sido levados a pensar que SIÃO seja o único monte de importância na Bíblia. Não devemos nos esquecer dos SINAI onde a aliança entre Deus e SEU povo foi confirmada, o MONTE CARMELO onde houve o confronto entre Elias e os profetas de Baal e o MONTE DA TRANSFIGURAÇÃO,onde Moisés e Elias aparecem a Jesus e falam do Seu sacrifício no MONTE DO CALVÁRIO.
Sião é um símbolo da presença de Deus, o lugar em que o Senhor está cuidando do Seu povo e protegendo-o
Como o salmista, devemos manter em nosso coração o desejo sincero de estar na presença do Senhor nosso Deus eterno. Nossa comunhão na Igreja,no sábado com nossos irmãos, é muito importante, contudo,devemos ao longo da semana, comungar com Ele o nosso Deus eterno em Seu Santuário CELESTIAL "portanto irmãos tendo ousadia para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus (Hebreus 10:19)... "chegamos com verdadeiro coração em plena certeza de fé" Hebreus 10:22.
Deus abençoe você ricamente. Bom estudo e bom proveito com essa lição. Que ela enriqueça espiritualmente ele ajude ao galgar mais um degrau no conhecimento e aumento da fé. Participe de uma unidade da Escola Sabatina e colaborando e dando sua contribuição.