Leia: O ANO BÍBLICO com a bíblia NVI e a Meditação Matinal - Maranata, O Senhor Vem! - Ellen G.White

LIÇÃO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2017

A Redenção em Romanos - Lição 10

Redenção para Judeus e Gentios
(Romanos 8:18 - 9:30

Introdução: Olhe ao redor e vai encontrar dificuldades. Desastres naturais. Perda de empregos. Desastres humanos. Algumas dificuldades são tão terríveis que não gosto de pensar sobre elas. Considere os mineiros que estão aprisionados vivos no subsolo por mais de duas semanas. Acabo de ler que os que estão na superfície foram capazes de mandar ar, água e comida para os mineiros. Mas a equipe de resgate projeta que serão necessários quatro meses antes que aqueles mineiros possam ser resgatados! Outros desastres são de natureza espiritual. O que Deus diz acerca das dificuldades que enfrentamos? Temos algum controle sobre as nossas vidas? Vamos pular para o nosso estudo da Bíblia e descobrir mais!

I. Gemidos

A. Leia Romanos 8:18. Como deveríamos considerar o sofrimento?

1. Paulo está escrevendo acerca do céu? Em caso afirmativo, por que ele fala que “em nós será revelada”? (O céu é a cura final para o sofrimento. Mas o sofrimento pode nos elevar a um nível no qual podemos refletir melhor a glória de Deus.)

B. Leia Romanos 8:19-21. Quem mais, além dos seres humanos, está sofrendo? (“A criação”.)

1. O que é a criação? (Os comentaristas não estão de acordo sobre o que está sendo descrito por Paulo. Digamos que isto representa mais do que os cristãos.)

a. A criação está esperando para que Deus se revele em você? Por quanto tempo ela terá que esperar?

C. Leia Romanos 8:22-25. Os cristãos estão livres de gemidos na vida? (Paulo diz que há muitos gemidos no mundo – e que os cristãos não estão livres dele.)

1. Qual é a nossa esperança? (O céu: nossa solução final para a nossa vida em tempos de gemidos.)

2. Compare Romanos 8:15 com Romanos 8:23. Eu pensava que já estávamos adotados como filhos de Deus. (Nossa adoção só será completa no céu.)

D. Leia Romanos 8:26-27. O que Paulo quer dizer com “da mesma forma”? (Assim como a nossa esperança está baseada em algo que não podemos ver, também o Espírito Santo não pode ser visto.)

1. Qual é a primeira coisa que você faz quando se vê em um problema que o faz “gemer”? (Minha primeira reação é pensar em uma solução. Minha segunda reação é orar. Preciso orar acerca da inverter a ordem dessas duas reações!)

a. E se você enfrenta um problema sem uma solução aparente? E se você não sabe o que pedir a Deus? (Somos fracos e não sabemos como orar. O Espírito Santo nos ajuda nisso. O Espírito Santo toma nossas orações miseráveis e confusas e as transforma.)

b. O que significa dizer que o Espírito Santo “intercede por nós com gemidos inexprimíveis”? Será que o Espírito Santo está gemendo a Deus por nós? (Sim! Nossas palavras não podem expressas de maneira adequada o nosso desespero – porém o Espírito Santo transmite a nossa mensagem para os outros membros da Trindade.)

II. Nossa Solução Para os Problemas

A. Leia Romanos 8:28. O que deveria nos dar confiança em cada problema? (Deus está operando para resolver os problemas daqueles que O amam.)

B. Leia Romanos 8:31-32. Como podemos saber que podemos confiar em Deus? (Deus abriu mão de Jesus por nós! Como podemos duvidar do amor de Deus?)

1. Por que a confiança no amor de Deus é tão importante? (Deus é o centro do poder no Universo! Se Deus está conosco, quem pode vencer a Deus? Não precisamos nos preocupar acerca do resultado final dos nossos problemas.)

C. Vamos pular para Romanos 8:37-39. Como podemos ser mais do que vencedores? Não é este o nível mais elevado? (Vencedores podem ser vencidos mais tarde. A Bíblia nos fala que nenhum poder na terra pode nos separar do amor de Deus! Amigo, que notícia podemos ter melhor do que essa?)

III. Uma Solução Defeituosa?

A. Deus nos promete que nada pode nos vencer. Ele promete que nada pode nos separar do Seu amor. Ele promete que o céu é a resposta final para todas as nossas dificuldades. Essas promessas se aplicam igualmente a todos?

B. Vamos saltar alguns versos e ler Romanos 9:10-14. Se Esaú era rejeitado por Deus antes de ter feito qualquer coisa, boa ou má, como você responderia à pergunta “Deus é injusto?”

1. Assim como acabamos de ver que nada pode nos separar do amor de Deus, aprendemos que Deus pode nos separar de Seu amor. Isto é injusto? (Romanos 9:14 diz que não, Deus é justo.)

2. Devemos temer que Deus vá se afastar de nós em algum momento, porque não fazemos mais parte dos “eleitos”?

C. Leia Jó 1:6-11. Qual é a acusação de Satanás contra Deus? (Que Ele é injusto. Jó serve a Deus porque recebe favores especiais.)

1. E se Satanás chegasse para Deus e dissesse: “Jacó Te serve porque concedes a ele favores especiais. Esaú não Te serve porque o odeias.” O que você diria destas acusações? (O assunto central do livro de Jó é demonstrar que Jó servia a Deus voluntariamente, não porque havia recebido propinas. Se a acusação é “as pessoas não têm escolhas”, então ela é ainda pior do que a acusação de Satanás.)

D. Vamos estudar o {argumento} que levou Paulo a este ponto, para ver se conseguimos resolver este aparente conflito. Leia Romanos 9:1-5. A nação judaica teve uma vantagem injusta? (Eu não vou afirmar que era injusta, mas certamente eles tiveram uma vantagem.)

E. Leia Romanos 9:6-8. O que este texto sugere acerca da questão se os seres humanos podem escolher livremente servir a Deus? (Entrar em um relacionamento com Deus não é uma questão de nascimento – algo sobre o qual não temos escolha. Isaque não é um filho natural, mas um “filho da promessa”. Podemos escolher aceitar a promessa de Deus. O comentário de que Deus “rejeitou Esaú” não quer dizer que Esaú estava eternamente perdido. Simplesmente diz que Jacó era especialmente abençoado.)

F. Leia Romanos 9:9. Quanto de livre arbítrio humano está envolvido nesta promessa? (Deus parece estar dizendo mais alguma coisa – que Abraão e Sara não fizeram coisa alguma para merecer esta promessa.)

G. Agora, releia Romanos 9:10-14. Paulo está contradizendo o que ele escreveu em Romanos 9:6-8?

H. Leia Romanos 9:17-18. Quanto livre arbítrio Faraó teve para se tornar um filho da promessa?

1. Quanto livre arbítrio eu tenho se Deus escolher “endurecer” o meu cotação?

I. Leia Romanos 9:19. Você está entre os “alguns” que falam isto? Se Deus endurece o meu coração, como Ele pode me culpar pelo meu pecado?!

J. Leia Romanos 9:20-21. Paulo está certo? (É claro que está certo! Como seres humanos criados por Deus, não temos o direito de acusar a Deus de agir de maneira imprópria.)

1. Mas isto torna a situação justa? (Deus pode ter o poder. Deus pode ter o direito. Mas, um observador externo ainda pode concluir que Deus não estava sendo justo.)

a. Esta conclusão parece ser estranha ao Deus que você conhece?

2. Vamos voltar por um momento. Na situação do Egito versus Hebreus, quem eram os bons? (Pode ser que não houvesse alguém que fosse bom, mas os egípcios estavam errados em suas crenças religiosas e errados aos escravizar os hebreus.)

a. Faraó fez uma escolha entre o bem e o mal antes de Moisés chegar até ele? (Sim.)

K. Leia Romanos 9:22. Quem são os objetos da ira de Deus? Como Ele está mostrando paciência? (Espere um minuto! Paulo está nos levando de volta para o básico. O que os seres humanos merecem? O que Faraó merecia? Todos nós merecemos morrer, porque todos pecaram. Se Deus mostra misericórdia para com alguns, mas não todos, isto é injusto?)

L. Leia Romanos 9:23-24. Como este texto se aplica a Faraó? (Faraó rejeitou a Deus. O próprio povo de Deus O rejeitou. Mas Deus usou Faraó para demonstrar Seu poder (e amor) contra as forças malignas do mundo.)

1. Isso é justo? (Sim.)

2. Note o fluxo do argumento de Paulo. Ele começa (Romanos 9:20-21) dizendo que Deus pode fazer o que Ele quiser e quem são Seus seres criados para reclamar? Contudo, depois de estabelecer o ponto que não temos o direito de reclamar, Paulo nos mostra por que Deus está agindo com relação a todos os seres criados!

M. Por que você acha que Paulo entra nesta argumentação acerca da justiça de Deus? Ele está em um desvio de seu ponto principal a respeito da justificação pela fé? Isto tem alguma coisa a ver com o sofrimento? (Leia Romanos 9:30-33. O ponto principal de Paulo é que Deus é a fonte do poder em nosso relacionamento com Ele. Os seres humanos podem rejeitar a Deus e se perder. Mas a justificação pela fé vem somente de Deus. A misericórdia vem somente de Deus. A salvação vem somente de Deus. Quando coisas ruins acontecem na vida, a solução vem somente de Deus.)

N. Amigo, começamos falando de dificuldades. A resposta de Deus para as dificuldades é a confiança nEle com relação ao futuro. Então Paulo muda para falar da questão da salvação para os gentios (os que não foram escolhidos por Deus). A resposta de Deus para a salvação é confiar nEle. Você vai concordar em fazer exatamente isto: confiar em Deus nas dificuldades e com relação à tua salvação eterna?

IV. Próxima Semana: A Eleição da Graça

===============================
Por Bruce N. Cameron, J.D. Todas as referências das Escrituras são da Bíblia de Estudo na Nova Versão Internacional (NVI), editada em 2003 pela Editora Vida – São Paulo, a menos que indicado de outra forma. As citações da NVI são usadas com permissão. As respostas sugestivas encontram-se entre parênteses.
Para receber semanalmente estes comentários diretamente no teu endereço de e-mail, acesse: http://br.groups.yahoo.com/subscribe/BruceCameron
===============================